O Você Precisa Saber Sobre FPS (Frames Per Second) em Jogos

O Fps é sempre um tema de debate entre os grupos gamers, muitos se contentam com baixos fps, ja outros preferem altas taxas de fps e para isto investem grandes quantidades de dinheiro em hardware, mas afinal, quais são os limites ? quais são as taxas jogáveis ? até que ponto estas taxas podem influenciar na jogabilidade dos jogos ? como medir sua taxa de Fps ?é possível aumentar o FPS sem gastar dinheiro ? vejamos neste post a seguir as instruções que você precisa saber sobre o famoso FPS, Frames Per Second.









O QUE É
Bom em primeiro lugar preciso mencionar que existem dois tipos de FPS no mundo dos games, o primeiro que é o First Person Shooter, que na verdade se trata dos jogos de tiro em primeira pessoa, jogos como Call of Duty e Battlefield por exemplo, o segundo que iremos tratar aqui é o Frames Per Second, que é a taxa de quadros em que o jogo é renderizado, cada quadro significa uma imagem, vídeos na verdade são dezenas de imagens que são exibidas sequencialmente, quanto mais imagens por segundo, maior é a fluidez do vídeo, cada notebook possui sua capacidade de quadros por segundo dependendo da potência dos componentes que o constituem, os notebooks mais potentes rodam mais quadros por segundo dando uma jogabilidade mais rápida, e os mais fracos rodam menos quadros por segundo resultando em uma jogabilidade lenta e com lags, além desta limitação de hardware existem outros limites.





QUAL O LIMITE
Existe o mito de que o olho humano só enxerga até 24 Fps, só que em diversos testes que fiz eu mesmo discordo deste mito, pois notei sim diferença mesmo que mínima entre 30 e 60 fps, portanto o olho humano consegue notar sim os 60 fps principalmente em jogos de futebol e rpg, no entanto muitos gamers que me pedem recomendações clamam por querer jogar jogos a 100 e até 200 Fps, isto é totalmente inútil, uma vez que a grande maioria dos monitores de notebook são limitados a exibir no máximo 60 fps não importando o hardware do aparelho, portanto 60 é o limite para notebooks e também para consoles de vídeo games, para jogar com mais fps do que isto só pc gamer com duas ou mais placas de videos e com monitor que permita ir além deste limite.






INFLUENCIA NO JOGO
Sim ! principalmente em jogos online onde um jogador com uma maior taxa de fps tem maiores chances de matar outro jogador com baixas taxas de fps uma vez que ele terá a vantagem de agir mais rapidamente o que é uma diferença fatal em um tiroteio frente a frente por exemplo, a baixa taxa de fps também pode atrapalhar em jogos de corrida fazendo-o trombar em obstáculos e sair da pista, em suma em o fps influencia diretamente na sua jogabilidade em jogos principalmente naqueles que exigem reflexo rápido dos jogadores.


QUAL É O MINIMO DE FPS JOGÁVEL
O mínimo de fps para um jogo ser jogável é 18-20 Fps, nesta taxa o jogo ainda consegue ter animações fluídas e sequenciais o suficiente para acertarmos nas ações que o jogo requer, agora abaixo desta taxa o jogo ja começa a apresentar pequenas travadinhas constantes que vão fazer o jogo ser injogável por trazer lentidão a movimentação e ações do jogador.


O QUE CAUSA OS BAIXOS NÍVEIS DE FPS?

  • Componentes fracos do aparelho (jogos offline)
  • Baixa qualidade da conexão (jogos online)
  • Altas temperaturas do aparelho
  • Jogos porcamente otimizados
  • Programas e serviços rodando em segundo plano


COMO MEDIR E AUMENTAR O FPS DO SEU JOGO
Para medir e aumentar o fps do seu jogo usamos um mesmo programa, chamado Razer Cortex, clique neste link para aquirir e saber como usá-lo para aumentar o fps do seu jogo congelando temporariamente os programas e serviços inúteis que chupam o desempenho do seu notebook, ja para mostrar a taxa de FPS do seu jogo basta configurar o programa seguindo a imagem:










Nenhum comentário:

Postar um comentário

----------------COMENTE !!! RESPONDO NO MESMO DIA !!!--------------

- Faça Perguntas
- Reporte Erros
- Dê Sugestões
- Seja Educado
- Não respondo sobre PC´s ou Notebooks não indicados pelo blog.
- Leia os artigos, não vou responder questões que ja estão esclarecidas nos artigos